PortugueseEnglishSpanish
Loja Hm Rubber

Impermeabilização rígida e flexível – Entenda a diferença

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A vida útil da construção está diretamente influenciada pelo sistema de impermeabilização nele empregado. A norma NBR 9575:2010, define os tipos de impermeabilização rígida e flexível. Sendo o  rígido (aplicados na construção e não estão sujeitos à fissuração) e flexível
(passíveis a fissuração, sendo mais comuns membranas e mantas).

 

Impermeabilizantes rígidos

Os impermeabilizantes rígidos são como argamassas industrializadas, produtos bi-componentes ou aditivos químicos para argamassa ou concreto.

Esses produtos quando incorporados à estrutura protegida e com a cura adequada, apresentam baixa porosidade e grande impermeabilidade. Contudo a sua eficácia depende da integridade do sistema e pequenas fissuras podem servir de caminho para infiltrações e
eflorescências.

Por ser um sistema rígido, sua utilização se faz principalmente em elementos enterrados, mais estáveis, como a proteção a umidade proveniente do solo. Cada produto apresenta seu método de preparo e suas especificações sobre consumo de material, tempo de secagem e a
necessidade ou não de proteção mecânica.

Impermeabilizantes rígidos - adaptado Ferreira (2012).

Impermeabilizantes rígidos – adaptado Ferreira (2012).

 

Impermeabilizantes flexíveis 

Os impermeabilizantes flexíveis são aqueles que oferecem características físicas como alongamento e por isso são indicados em áreas sujeitas a movimentação, trepidação e intemperismo. Deste modo, exige substrato seco ou levemente umedecido (dependendo da especificação do fabricante). 

As membranas podem ser aplicadas com broxa, rolo de lã de pintura ou sistemas por spray em camadas. A manta asfáltica é colada com maçarico ou asfalto quente sobre o primer – outras mantas podem ser soldadas ou coladas variando a especificação de cada uma delas.

Estes produtos podem ser usados em terraços, lajes, reservatórios, piscinas suspensas ou enterradas, varandas, jardins, calhas, floreiras, pisos frios e áreas úmidas. 

Impermeabilizantes flexíveis - adaptado Ferreira (2012).

Impermeabilizantes flexíveis – adaptado Ferreira (2012).

É essencial seguir a especificação de cada produto (tanto para a impermeabilização rígida e flexível) observado no boletim técnico e manual de aplicação do fabricante. O produto deve ser especificado por um profissional habilitado e a aplicação deve ser feita por uma empresa especializada.

 

A HM Rubber, advindo da borracha líquida, atende as mais diversas especificações de impermeabilização rígida e flexível na construção civil. O produto impermeabilizante possui flexibilidade de alto rendimento e adere a diversos substratos, tanto metálicos como cimentícios – sistema de impermeabilização sem emendas e moldado diretamente sobre o substrato.

A empresa traz um novo produto, a argamassa polimérica HM Polimer 6000

Este produto une as características de flexibilidade a durabilidade de uma argamassa polimérica impermeabilizante, aderindo ao substrato de acordo com as normas NBR 11905:2015 e NBR 12170:2017. Em breve em nosso site!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe o seu comentário!