Inovação em borracha líquida é testada em fazenda modelo do Piauí

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

Atingir maior produtividade na armazenagem dos grãos é um dos grandes desafios do agronegócio no Brasil. Por conta disso, a indústria paranaense HM Rubber vem atendendo, com sucesso, este segmento de mercado oferecendo soluções, de alta tecnologia embarcada, para impermeabilização e proteção de superfícies.

 

Os produtos da indústria foram utilizados recentemente na recuperação de dois silos de armazenamento da fazenda Progresso, localizada na região de Uruçuí, Piaui.

 

Com uma área a 47.000 hectares, divida entre área de conservação ambiental e área cultivada,  a fazenda foi a primeira no estado a receber a certificação internacional da Round Table on Responsible Association (RTRS), que atesta o manejo da propriedade com diferentes sistemas de plantio e tecnologias que garantem um menor impacto ambiental, sendo destaque também por investimentos em ações sociais nas comunidades do entorno.

 

Além de diversos problemas de infiltração e corrosão,  que afetavam a produtividade, a dificuldade fazenda era realizar a impermeabilização e a proteção dos silos com produtos que não comprometessem a qualidade dos grãos, garantindo assim o correto armazenamento e a manutenção das características fisiológicas da safra.

 

De acordo com o diretor comercial da HM Rubber, o executivo Élcio Machado, com a nova tecnologia em borracha líquida, isso é possível. “Colocamos no mercado uma linha completa de impermeabilizantes e revestimentos protetivos, desenvolvidos à base de nanotecnologia, que permitem controlar de forma eficaz a umidade interna de silos e armazéns, juntamente com os sistemas tradicionais de termometria e aeradores contínuos, eliminando o problema da contaminação da produção, além de impermeabilizar os recipientes com total segurança e eficiência”, garante.

 

Segundo ele, soluções como estas  –  amplamente utilizadas no exterior  –podem elevar ainda mais a competitividade e a qualidade dos produtos do agronegócio no país.

 

“O mercado brasileiro ainda é carente de inovações como estas, que podem ser extremamente eficazes, não só do ponto de vista financeiro como também logístico, pois a utilização destes revestimentos, à base de borracha líquida, demandam pouco tempo de aplicação e secagem, evitando que as atividades  dos silos sejam interrompidas com obras demoradas, ao ponto de comprometer toda a produção”, destaca Machado.

 

A HM Rubber está localizada na Região Metropolitana de Curitiba (PR) e atende diversos segmentos de mercado, não apenas o agronegócio mas também setores da cadeia da construção civil, obras de infraestrutura  e indústria naval e química, mantendo representantes e distribuidores certificados em todas as regiões do Brasil.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe o seu comentário!